Dica da Bruxa: Simpatia do ovo pra amor

 


1 ovo (pode ser branco ou amarelo)
7 tirinhas de papel
1 pote de mel (pode ser pequeno) ou fazer um melaço, com água e açúcar.
1 chumaço de algodão (para tampar o ovo)
1 vela branca (para lacrar)
1 vaso (pode ser pequeno) com a planta comigo-ninguém- pode. Se você for mulher e quiser um homem, é desejável comigo ninguém pode fêmea. Se você for homem e quiser uma mulher, é desejável comigo ninguém pode macho. Porém, não há problemas, caso você não consiga uma determinada espécie.
Modo de fazer
Pegue o ovo e faça um pequeno furo numa das pontas. Agora, jogue a clara e a gema num prato, se quiser preparar uma omelete, ótimo, assim não há desperdício. Reserve a casca do ovo. Corte 7 tirinhas de papel branco, onde irá escrever o seu nome acima e o nome da pessoa amada. Feitas as sete tirinhas, dobre cada uma delas sete vezes, e vai colocando uma a uma dentro da casca do ovo (já vazio, é claro). Completada a tarefa acima, despeje o mel, ou melaço, dentro do ovo, até chegar quase à borda. Agora, pegue um chumaço de algodão e vá tampando todo o pequeno buraco da casca do ovo, deixando-o bem fechadinho. Pegue a vela, acenda-a e vá pingando por sobre o algodão, para selar e evitar as formigas. Pegue, agora, o vasinho com a planta comigo ninguém pode e retire cuidadosamente a plantinha com uma pequena pá ou colher, deixe-a em separado por alguns momentos. Agora, enterre a casca de ovo na terra do vaso, de maneira a não quebrar a casca, e depois coloque a plantinha por cima.
Regue a plantinha durante sete dias seguidos, utilizando água e um punhadinho de açúcar, não muito, porque senão as formigas invadem tudo. Portanto, preste bem atenção ao vasinho de plantas durante esses sete dias em que você está regando com água e um punhado (pequeno de açúcar). Depois, do sétimo dia, pode regar sem açúcar algum. Agora, cuide bem de sua plantinha, porque seu amor estará lá, aos seus cuidados. Caso, você não queira mais esse amor, ou já apareceu outro pretendente em sua vida, não se esqueça de desenterrar o ovo e jogá-lo numa correnteza. Na falta de um rio ou riacho, amasse-o bem e despeje tudo na privada.

13 comentários:
Write comentários